Os critérios a serem lembrados ao escolher seu portão deslizante

escolha o portão deslizante

Ao planejar a automação do seu portão, é importante começar analisando melhor o espaço disponível e o tipo de motorização a adotar. O portão de correr é uma opção a recordar, pois permite uma abertura fácil e uma estética mais elaborada. Para quem quer começar a comprar, aqui estão alguns critérios a serem lembrados.

Como escolher o seu portão deslizante?

Como se trata de um modelo de portão grande, com diferentes formas e estilos, a escolha dependerá principalmente dos desejos e necessidades individuais. Só vai demorar certifique-se de que o tipo de portão escolhido, bem como seu design, correspondem à fachada da casa e o resto da cerca. As dimensões do portão também devem ser levadas em consideração. O modelo terá que se adaptar à configuração do terreno e, como a maioria dos modelos atualmente disponíveis no mercado são de tamanho padrão, é fácil encontrar o portão de correr de sua escolha. Caso contrário, a outra alternativa seria optar por um portal feito à medida, mas o custo seria significativamente superior.

escolha o portão deslizante 1Também levará em consideração a manutenção do portal antes de iniciar uma compra. Se a madeira apresenta um aspecto quente, requer uma manutenção rigorosa. Portas de PVC são fáceis de manter, mas às vezes seu projeto precisa ser revisado. O alumínio, por outro lado, promete uma estética bonita e oferece pouco estilo, mas sua manutenção é fácil, enquanto o aço e o ferro forjado prometem bons resultados, mas ambos os materiais requerem manutenção cuidadosa. Além disso, demorará algum tempo para repensar a entrevista e focar sua escolha no clima da região. Finalmente, o preço obviamente permanece um critério determinante na a escolha de um portão deslizante e para isso nada melhor do que comparar preços e serviços de instalação antes de começar.

E quanto ao motor?

A motorização também deve ser levada em consideração quando a compra do portão deslizante. Il existe notamment deux types de motorisation pour ce type de portail à savoir l’autoportant et le rail au sol. À noter que l’installation des deux nécessite la pose d’un poteau de réception et d’un poteau de guidage. La motorisation à rail au sol est la plus répandue, elle permet au portail de glisser sur un rail par le biais d’un moteur et s’adaptent aussi bien aux portails lourds qu’aux modèles de grandes tailles. La motorisation autoportante pour sa part ne nécessite pas la pose d’un rail au sol, ce qui lui confère une pose plus aisée. Le portail est simplement supporté par une crémaillère qui lui permet de se déplacer sans qu’il touche le sol. Contrairement à la motorisation à rail au sol, ce type de portail est suspendu, ce qui fait qu’il n’est pas très conseillé pour les portails lourds et de grandes tailles. Une fois qu’on a fait le tour de tous les critères d’achat de base, il faudra s’intéresser à l’esthétique. Là encore, le choix devra se faire en fonction des goûts de chacun et du style que l’on souhaite apporter au portail.