Como economizar no seu crédito?

Você está procurando financiamento para realizar um projeto que é importante para você?Precisa de dinheiro para comprar móveis novos para sua casa, comprar um carro novo ou fazer algumas reformas em seu apartamento?Infelizmente, você não tem dinheiro suficiente em sua conta bancária para realizar esses vários projetos?Então você teve a ideia de fazer um empréstimo ao consumidor para ter esse valor imediatamente, sem esperar meses e anos de economia.No entanto, este é o seu primeiro empréstimo e tem medo de pagar mais do que o necessário pelo seu financiamento?Portanto, descubra algumas dicas para tornar seu crédito o mais barato possível.

Escolha do tipo certo de empréstimo

É importante primeiro, antes de se inscrever, conhecer as diferentes modalidades de crédito que existem no mercado, pois cada crédito ao consumidor tem suas especificidades e suas vantagens.

O crédito afetado, que inclui o empréstimo para trabalho e o empréstimo para carro, é um financiamento que se destina a uma compra específica, o dinheiro será transferido para a sua conta pela sua organização apenas em troca de comprovativos, como um orçamento. auto, por exemplo. Este crédito tem a vantagem de ter condições de utilização atrativas e uma taxa baixa.

O empréstimo pessoal é um financiamento que permitirá ao mutuário obter de uma só vez um montante até 75.000 euros para poder comprar o que quiser sem ter de apresentar documentos comprovativos ao seu banco.

O crédito rotativo é uma reserva de dinheiro que permitirá ao devedor aplicá-lo para despesas imprevistas ou divertir-se quando quiser e sem apresentar provas. Essa reserva será reposta à medida que o mutuário pagar. Freqüentemente, ele estará associado a um cartão de crédito.

O empréstimo estudantil é um financiamento vantajoso que se destina aos alunos, vai financiar sua escolaridade, bem como todas as despesas relacionadas. As principais vantagens deste tipo de crédito são que a taxa se aproxima de 1 % APR fixa e que o reembolso é diferido, ocorrendo apenas no final dos estudos.

Escolha a quantidade e a duração certas

Escolher o valor certo e a duração do crédito será a chave para economizar dinheiro no seu financiamento, para isso você terá que levar em consideração sua capacidade de reembolso. Sabendo que o banco não empresta a quem não respeita um rácio de endividamento inferior a 33 %, será uma questão de não ultrapassar este limiar. Para tal terá de calcular aproximadamente a mensalidade a não ultrapassar, bastará retirar 33 % do seu vencimento líquido, por exemplo para um vencimento de 1700 euros não deverá ultrapassar 561 euros por mês. Você encontrará mais informações sobre o cálculo em esta página.

Em seguida, você terá que escolher a duração mais ideal para obter o máximo de economia, porque é sabido que quanto mais curto for um empréstimo, menor será o seu custo total. É por isso que aconselhamos você a ir a uma calculadora de empréstimos para descobrir a duração que melhor se adapta ao valor escolhido, certificando-se de não exceder seus pagamentos mensais calculados anteriormente.

Use um comparador de crédito

Por fim, para ainda poupar o máximo de euros, podemos recomendar que utilize um comparador de organizações para encontrar aquela que lhe oferecerá a melhor oferta possível de acordo com o seu projeto.Para tal terá apenas que utilizar um comparador que encontrará em qualquer site especializado em crédito, para preencher o valor que pretende, o tipo de crédito bem como a duração, preencher os seus dados pessoais para que ele pode estabelecer um perfil e validar.Receberá então ofertas de diferentes organizações e só terá de escolher a tarifa mais baixa para poupar algumas centenas de euros.